Procure aqui o que voce perdeu

mercoledì 29 febbraio 2012

Pipocando - Minha história de amor. Atualizado.

Mais uma iniciativa da Rita do Botoezinhos.
Devo dizer que não sou uma pessoa pop, minhas opiniões costumam ser  ácidas assim como meu humor.



  • Quando tempo você e seu marido-namorado-namorido estão juntos?
  • Estamos juntos desde 1997
  • Como vocês se conheceram?
  • Eu trabalhava em uma concessionária como vendedora e Paolo recém chegado no Brasil e contratado da USP, foi comprar um carro eu o atendi, pelo jeito ele foi bem atendido.  Ah! Ele não comprou o carro comigo humpf!!


  • Se são casados, quantos anos?
    • Somos casados desde 2000
      •  Como foi seu casamento? Grande? Pequeno? Você teria feito seu casamento diferente?
Nosso casamento foi o casamento mais legal que já fui rsrsr
Foi em casa, na época morávamos na Vila Madalena, o Juiz de paz foi em casa sábado a noite, convidamos todos os nosso amigos, e um deles,  músico tocou violino enquanto nos casávamos, como um casal multiracial temos amigos de várias partes do mundo, teve sushi, churrasco, comida russa, árabe, italiana, enfim uma babel, muita música, pouca frescura e nenhuma  invenção.
Eu teria feito diferente?
Não.  Acho noivas em geral bregas, acho que como não fui uma noiva clássica, meu grau de beguice foi baixo.

  Vocês têm apelidos?
Eu o chamo de Zizo e ele me chama de Di. Gente vamos combinar que usar apelidos tipo, tico-tico, nenem ou aqueles tipo  grunhidos, gemidos em público é constrangedor pra quem ouve, já que quem os usa em público é totalmente sem noção.
Liste 3 coisas que você ama no seu marido-namorado-namorido:
1) Inteligência.
2) Bom humor.
3) Generosidade.
Que tipo de homem ele é: "Flores e ursinho de pelúcia" ou "morangos, champagne e pétalas de rosa"?
Ele é um homem "bicicleta" nunca me daria  um  ursinho e flores com certeza ele me daria uma super bicicleta, um tênis novo pra caminhada ou uma super câmera fotográfica. Eu prefiro. O que eu faço com um ursinho de pelúcia???
Que tipo de mulher você é: "Jantar ao pôr-do-sol na praia" ou  "pipoca, filme e sofá".
Sou os dois, dependendo da ocasião, praia = pôr-do-sol /frio = pipoca, filme e sofá.

  • Conte uma coisa que você gostaria de fazer com seu marido em um dia especial. Se você pudesse fazer qualquer coisa, se pudesse ir para qualquer lugar, o que faria? Para onde iria? 
  • Iria para o Vietnan  acho  que deve ser maravilhoso, conhecer Hanoi e outras cidades, uma cultura entre a indiana  e a chinesa, fazer bike tour, tour de barcos, comer peixes, arroz, verduras... huummm. Conhecer lugares incríveis com Paolo é uma delicia!



Essa é minha história de amor, companheirismo, admiração e determinação.
Conte sua história também.



Esqueci de dizer, quando entrei nesse emprego, uma cliente disse: Você ficará aqui por pouco tempo, esse emprego foi só um jeito que Deus deu pra você conhecer o amor da sua vida. Depois desse dia nunca mais fui trabalhar sem batom...pelo sim pelo não...





8 commenti:

  1. Adorei te conhecer mais. Não sabia que Paolo é italiano. Vc realmente o atendeu muito bem!!! :)
    Seu casamento deve ter sido muito legal, comidas de tudo que é local! E sua viagem dos sonhos é genial! Vietnã deve ser linda mesmo.
    Beijos
    Adriana

    RispondiElimina
  2. Amei a mini biografia remantica , morro de rir da forma que vc. fala, adoooroo!
    beijo !

    RispondiElimina
  3. Ai remantica no lugar de romantica , ninguem merece , kkkkkk

    RispondiElimina
  4. Que legal isso.
    Vou participar!

    RispondiElimina
  5. Ah mas que coisa mais bonitinhs, gente! Di, vcs dois foram feitos um pra o outro ne? como dizia tete espindola, estava escrito nas estrelas.

    Que fofa a ideia dessa botaozinho,acho que vou me associar :-)

    Amei a ideia da viagem (minha filha tem uma amigona do Vietnan e ela e toda sua familia é hiper doce! gentileza pura em pessoa). E gostei mt do homem bicicleta, mt legal isso.

    RispondiElimina
  6. Oi Lola, é a Vi, achei linda sua historia de como você conheceu seu esposo, a vida a cheia de surpresas.
    Vietnã, a gente sempre ouviu falar da guerra que teve lá, que nem pensa que pode ser um lugar bonito e que vale a pena conhecer.
    Quando você for, vou querer ver as fotos.
    Beijos,Vi

    RispondiElimina
  7. Di, achei linda tua história! Tenho a mesma opinião dos apelidos... tem uns que ninguém merece...
    Bjos, Lú.

    RispondiElimina
  8. Di, amei a história de vocês!!

    RispondiElimina