Procure aqui o que voce perdeu

lunedì 14 aprile 2014

Eu quero enrugar com essa amiga!

Rugas é aquilo que vc tem certeza que vai ganhar com a idade, queira ou não queira.
Uns dizem que rugas é o mapa da nossa história, rugas fazem parte, eu prefiro contar minhas histórias através das minhas amizades.
Amigas que com os anos se tornam sua história, a prova intrínseca das cagadas que você já fez.
Existem amigas que estão perto, outras estão muito, muito longe, mas que continuam perto, pois estão dentro.
Já contei pra vocês que estou fazendo um trabalho no jardim da casa de uma amiga muito querida a Angela.
Na última vez que estive com ela, terminamos nosso trabalho com um café com bolo, sempre terminamos assim.
Estávamos falando sobre as academias que frequentamos, Angela que não segue a última moda, talvez por isso seja constante no que faz, frequenta a mesma academia há pelo menos uns doze anos, eu novidadeira que sou, vou sempre atrás da última moda em fitness. Hoje a moda é Muay Thay todo mundo levando porrada e acreditando que é o melhor que há em atividade física, outros vão derreter fazendo Yoga em uma sala que a temperatura ambiente é 50 graus,também  tem o crossfit... Angela continua fazendo seu exercício sem se importar com as novidades, talvez por isso  o faça há tantos anos sem falhar, sem pausas.
Voltando ao café, ela disparou:
"É tão bom ter amigas né? Hoje fui  depois do treino com as amigas da academia tomar café e ficamos até as onze trocando experiências, amenizando nossos medos, curando nossas dores e celebrando a alegria de viver, porque a vida é exatamente assim, feita de coisas boas e ruins."
O sol do final da tarde, me acarinhava o rosto deliciosamente, mas quando ouvi essas palavras eu senti frio. O frio da solidão.
-Angela, eu não tenho amigas na academia, eu não faço amigas. Nem na porta da escola dos meninos, nem na academia. Devo ser péssima rsrsrsr
"Como assim não faz amigas?"
Pois é não faço, não vou colocar a culpa no outro, talvez eu não faça amigas, porque sou preconceituosa, chata e amargurada. Quer um exemplo? Na academia não tenho a menor vontade em me relacionar com quem quase se come no espelho, com pessoas que sentam em um aparelho e não levantam nunca mais, sabe aquela coisa que a gente ensina para os filhos pequenos "vamos dividir com o colega"? Pois é acho que algumas pessoas pularam essa parte, acho que não seria uma boa amiga de mulheres que batem cabelo, ficaria agoniada tendo que me desviar dos açoites capilares, e as que vão com aqueles macacões decotados até o rego com aqueles meiões até o joelho? Como tomar um café com uma pessoa que se veste assim sem resistir a tentação de perguntar o porque de tanta exposição? Einh, vc é linda menina, não precisa disso! O pior é que constatei que as meninas de verdade se vestem sem se expor tanto, justamente as coroas é que usam esse figurino a la Gracyane como se quisessem se vingar da vida: Olha vida, vc quer me sacanear com rugas, flacidez, mas eu tô bem na fita, tô vencendo a parada, não sou mais jovem mas tô podendo mais que muitas  de 20. 
Na porta da escola não acho graça nas mães que param o trânsito e a vida de dezenas de pessoas, porque querem parar o carro na porta da escola, pois o seu anjinho não pode caminhar dois, três minutos até o carro. Tenho vontade de dizer: Ei fulana,  pensa como seria legal caminhar um pouco com seu filho, reparar nas plantas, nas casas ao redor, conversar com ele enquanto caminham? 
Acho que não combino com ninguém.
Claro que tem aquelas que eu simpatizo e gosto de encontra-las, mas são raras.
Mas quem sou eu pra dizer o que devem ou não vestir como se devem comportar? Me acho inadequada as vezes, outras me sinto um juiz ridículo julgando uma causa que não foi chamado.

Foi então que ela colocou no meu prato um singelo, fofo, m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o bolo de laranja eu deixei aquela maravilha derreter entre minha lingua e o palato,  sorvi,  absorvi aquele momento, aquela amizade, aquela mulher tão cheia de coisas boas pra me dar, como essa receita que ela me deu  desse bolo de maçã,  fica delicioso:

Bolo de maçã
1 1/2 xic de açúcar
1 1/2 xic de farinha de trigo 
2 col de chá de canela
2 col de chá de bicarbonato de sódio
1 col rasa de chá de sal
4 maçãs fuji com casca cortadas em cubos pequenos
2 ovos inteiros
3/4 xicara de óleo
100 g nozes picadas
100 gramas de uva passa sem sementes
1 col de café de baunilha

Peneirar os ingredientes secos, misturar, abrir uma covinha adicionar os ingredientes restantes e misturar com uma colher de pau ou com as mãos se preferir.
Colocar numa forma com buraco no meio untada e enfarinhada a 180 graus por mais ou manos 60 min.

O bolo fica escuro por causa do bicarbonato.
Ai que preto gostoso!

A foto? É mesmo a foto! Ia esquecendo, acho que estou ficando velha, velha e enrrugada.

Seu Mariano, tem 62 anos, chegou do Ceará fazem 40 anos casou-se aqui em São Paulo e constituiu família, tem quatro filhos e trabalha no meu condomínio.

Este post faz parte da BC da Dani Moreno que é uma Moça de Família.





22 commenti:

  1. Putz somos parecidas. Aqui e onde morei sofro me acham antisocial e metida. Nadaaaa disso. Sou reservada.
    Na tela da net vc se expõe mais pq algo te dá a certeza que fechado o note ni guem sairá de lá.
    Linda foto estilo reportagem e amei a receita.

    RispondiElimina
  2. Oi Diacuy, é a Vi, não adianta fugir do inevitável, não adianta se enganar, quando assumimos a realidade por mais dura e cruel que seja, a vida fica mais leve.
    Quanto aos amigos, é difícil mesmo construir amizades, pois todas pessoas envolvidas tem que estarem envolvidas e dispostas a se sacrificarem a favor dessa construção, e nem todo mundo quer perder tempo com uma construção tão demorada e que as vezes exija tantas renuncias.
    Muitos beijos,Vi

    RispondiElimina
  3. Vou discordar: não és chata nem ranzinza, evitando fazer amigas, é que estás seletiva. Eu sei como é, estive/ estou assim, postei sobre isso quando li um texto da martha medeiros, do livro A Graça da Coisa, em que ela diz: "vá procurar sua turma!". A gente fica procurando a turma da gente, aquela turma em que, mesmo nas discordâncias, nos sentimos confortáveis, porque nos entendem e nos aceitam gentilmente. E isso é delicioso.

    RispondiElimina
  4. se velhice for sinônimo de chatice, devo ter uns 60 anos de idade mental, nem para academia eu vou pq nao tenho paciência, nem com os exercícios nem com o egocentrismo das pessoas, muitas parecem que vao só para postar no Insta, só que tenho uma amiga que é dessas, segue a tendência fitness, usa roupa da Graciane e faz pole dance, mas é um amor de pessoa, uma fofa, parece ironia do destino rsrsrs Eu tb sou dificil, nao tenho paciência com certos tipos, fiz até um post falando de alguns brasileiros que moram aqui, preguiça master deles rsrs Resumindo: às vezes me surpreendo com pessoas que nao têm nada a ver cmg e aquelas que acho que parecem comigo, me decepciono.rs Tô na vibe antes só do que mal acompanhada, tenho a companhia dos meus livros e minhas séries, tá bom demais pra uma velha ranzinza rs. Mondo difficile. Linda a foto do seu Mariano. Bjo.

    RispondiElimina
  5. Bela a foto do Seu Mariano. Rugas do viver!
    Beijo

    RispondiElimina
  6. que lindo post, Diacuy!! Lindo!
    Cá entre nós... estou um pouco assim... sem paciência com as pessoas. Acho que a idade faz isso, me torna seletiva! Não tenho paciência pra explicar, pra aguentar, pra suportar. Como diz aquele belo e bom ditado... antes só (nunca tô só, porque sempre tem uma criança, um adolescente ou um marido grudados em mim) do que mal acompanhada!!! Faço dos meus, meus melhores amigos e sigo assim... feliz com o que tenho e com o que sou! <3

    RispondiElimina
  7. Adorei e me identifiquei muito. Ando selecionando, não só amigos, mas situações. Faz muito bem!!!
    Beijos!!

    RispondiElimina
  8. Lola,
    Bonito seu texto e a foto do Seu Mariano ...que bela, hein.
    No quesito amizade sou igual a sua amiga Angela, faço amizade onde eu vou, e olha que no meu leque de amigas e amigos tem de tudo kkk de santas a diabas, não faço distinçao, só levo um tempinho tímida observando, meus olhos, sexto sentido e coração vão na essência da pessoa, e se essa essência é do bem, me leva com certeza. Já tive decepções, mas nada q me fizesse desinteressar por gente, tenho sorte com amizades, algumas são verdadeiros anjos na terra que Deus colocou na minha vida.
    Essa coisa de ''pagar de gatinha'' com macacão a La Gracyane é mesmo ridiculo, no sense...mas se olhar no espelho do quarto e dizer ''to veia mas to podendo'' de vez enquando não tem preço é uma pequena vingancinha no tempo.
    Ah, cê tá longe de ser amarguada e ranzinza, só é seletiva, tá certa também.
    BJs

    RispondiElimina
  9. Adorei a foto do S.Mariano e também sou reservada, até timida.Não antipática e metida,rs beijos,chica

    RispondiElimina
  10. A foto é linda e confesso que também sou bem tímida e não me abro facilmente. Bonita postagem! Grande abraço!

    RispondiElimina
  11. Putz! Eu nem sei o que é timidez...hahahaha Sou "aberta" até demais! Mas amei seu ponto de vista e a foto, é claro.
    Bjs

    RispondiElimina
  12. Eita que sou jogada...meus filhos reclamam que faço "amigos" em qualquer lugar..mas sou assim...amei teu ponto de vista e tua sinceridade..beijus

    RispondiElimina
  13. Diacuy, além da foto gostei muito da sua sinceridade e e emoção ao escrever o texto e concordo com o comentário da Fernanda. Estás mais seletiva e buscando as amizades que valem a pena. Muito bom ter perto da gente pessoas que possibilitem a troca, pessoas que nos ensinem sem perceberam que estão ensinando.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    RispondiElimina
  14. Lola me identifiquei com a sua postagem.... também me sinto assim, orfão de amigas... amigas pra tomar um cafezinho, contar uma piadinha, descontrair geral... fiquei tão feliz com o primeiro encontro de blogueiras que não cabia em mim de tanta felicidade.... pensei que seria legal, a partir daquele encontro, fazer novas amizades pra tomar esse cafezinho, mas isso ainda não aconteceu e eu continuo aqui, tomando cafe sozinha....
    tbem acho que a culpa é minha que ficar esperando convites ao inves de faze-los.... então...

    Um beijo querida e quando estiver aqui pro lados do Bairro da Liberdade me chama pra tomarmos um cafe, ok?

    Blog da Gullo

    RispondiElimina
  15. realmente a falta de amigos para um simples cafezinho ...eu qdo vou a Sta Catarina tenho vontade ficar pq lá tenho isso, ao mesmo tempo tenho uma vida aqui, profissão e largar tudo e começar do zero após os 50, já não sei se me encorajo! envelhecer com sabedoria é o mais importante , mas cuidar da aparencia nos faz melhor, acho que melhora auto-estima e se tá fazendo bem , que mal tem?

    RispondiElimina
  16. que texto em, me acho chata também,
    mais será que você é isso mesmo que relatou de sim mesma
    se vê e nota essas coisas tente mudar se isso te incomoda
    se não permaneça como você rs
    mais seja autêntica
    amei Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    RispondiElimina
  17. Muito show sua postagem, me identifiquei bastante.
    Costumo dizer que sou antisocial, encontrei alguém para me dar as mãos por aí hahaha.
    Adorei seu blog, visite o nosso, será uma satisfação. Se gostar e tiver interesse em seguir, só nos avisar que iremos retribuir com muito carinho.
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    RispondiElimina
    Risposte
    1. Já estou seguindo rsrsrs. Amei o blog,

      Elimina
  18. Lola, por que a gente não é vizinha??? Por que pelo menos, não moramos na mesma cidade????
    Alguém explica a vida colocar tão loooonge pessoas tão parecidas?
    As pessoas falam que tenho duas personalidades, uma real, outra virtual. Fico chateada.
    Não acho graça no que as pessoas fazem, panelinhas e clubes fechados não é pra mim, não gosto do ambiente de academias, acho o fim a fila de carros na escola, meu marido que pega o caçula, sempre 10 minutos depois pra não atravancar ninguém.
    Acho desinteressante, desestimulante os diálogos por aí...tô ficando velha e enrugada, pelo menos ninguém vê! kkkkkkkkkkk
    As pessoas que combinam comigo estão todas longe, o que fazer?
    Ficar com elas online, ora bolas!
    É isso que faço, não sei se estou certa, não sei se sou outra chata, não sei se não estou dando chance para novas amizades, mas me sinto bem perto de bem poucas pessoas...tenho salvação? rsrs
    Espero um dia encontrar você, porque sei que me sentirei bem contigo, sei sim....

    RispondiElimina
    Risposte
    1. Um dia vamos nos conhecer e rirmos muito juntas tenho certeza.
      bj

      Elimina
  19. Fiquei emocionada com sua postagem querida Lola. Vou aproveitar pra falar um pouco de mim aqui. Já pensei assim como você mas deixo a vida me mostrar o que posso aprender com as pessoas do meu dia a dia. Já aconteceu de eu dar chance pra uma dessas pessoas de macacão colado com decote até o cofrinho de me falarem algo produtivo. E sabe que uma dessas me surpreendeu mostrando o quanto é meiga e inteligente, só que a interrogação: porque tanta exposição se tem conteúdo suficiente pra surpreender a todos?
    E eu agora pertinho dos 40 passei em um concurso público e estou em treinamento por 30 dias fora da minha cidade, fazendo defesa pessoal, aula com armamento, exercícios puxados e estou me saindo super bem me sentindo como na séria Charlie's Angels rsrsrsrsrsrs
    Na minha sala são 31 homens e 3 mulheres e eu sou a mais velha de todos(vi na lista dos aprovados, pois consta a data de nascimento). (no curso todo são 250 homens e 20 mulheres para desespero do sr Cunha kkkk).Não estou deixando a desejar e estou derrubando marmanjo no tatame!
    Estou mostrando para as minhas filhas que apesar da minha idade, com muita luta e determinação, pode-se chegar a realizar sonhos! Deus tem me renovado a cada dia! Minhas marcas de expressão tem sido só um detalhe.
    Abraço forte!!
    Ah, quem me dera poder te conhecer de pertinho!

    RispondiElimina
    Risposte
    1. Vc é uma pessoa maravilhos Gislaine, suas filhas devem ter muito orgulho de ter uma mãe como vc e linda como a Juliana Paes.

      Elimina